terça-feira, 2 de maio de 2017




Peixinho apaixonado



Genebaldo é um peixinho

Da cor da rosa vermelha

Nada leve e ligeirinho

Ama receber carinho

Nem que seja uma centelha



Resolveu ser bailarino

E dançar em grande estilo

Na manhã de sol menino

Num bailar doce e divino

Daria ao lago seu brilho



Pensava ganhar Jurema

Dos peixes a linda Fada

A bailarina serena

Meiga, suave e pequena

Que com loucura ele amava



O peixinho decidido

Foi aprender a bailar

Com esforço desmedido

Cada passo concebido

Vinha seu lago alegrar



Chegou o dia esperado

De dançar no recital

Seria um lindo bailado

Todo de luz enfeitado

Num encanto sem igual



Dançou com graça e beleza

Só tinha um grande desejo

Que a Fada da singeleza

Revestida de nobreza

Premiasse-lhe c’um beijo



Olha que forte emoção

Quando a dança terminou

Jurema se fez canção

Entregou-lhe o coração

E para sempre lhe amou 



Elair Cabral

Imagem Google


Nenhum comentário:

Postar um comentário