quarta-feira, 9 de maio de 2018




Para minha mãe e todas as mães!
MÃE POEMA

Meu olhar segue os traçados
Leio as rugas do seu rosto
São fios de vida bordados
Ponto a ponto o amor exposto

A sua pele marcada
Conta um pedaço da história
De uma vida abençoada
Tesouros de sua memória

Linhas que lembram batalhas
Nas fronteiras do viver
A vibrar com as medalhas
De ver seus filhos crescer

Mas nunca serão crescidos
Sempre serão seus meninos
Mesmo homens resolvidos
A seguir os seus destinos

Entardece o seu viver
Para pousar noutros sóis
E em cada amanhecer
Dará vida aos girassóis

Vai escrevendo o poema
Nas linhas do coração
Perfumado de alfazema
Regado a fina emoção!

Elair Cabral

As Mães nunca morrem. Elas entardecem, tingem de nuvens os cabelos e viram pôr do sol.” (Marcos Luedy)

Mensagens e gifs da Teka

 

segunda-feira, 7 de maio de 2018



Sempre criança 



Sou criança delicada 

Mas, sou forte, uma beleza 

Adoro correr molhada 

Na chuva da natureza 



Girando passo o anel 

Vou brincando docemente 

Minha pipa alcança o céu 

Nado no lago contente 



Ajudo em qualquer tarefa 

Jogo bola, leio muito 

Levando a vida sem pressa 

Nos estudos chego junto 



Meus amigos são amados 

Minha alegria é constante 

No brilho de sol dourado 

Amigos são diamantes 



E assim vivo pulando 

A corda do bem querer 

Meus princípios renovando 

A cada alvorecer! 


Elair Cabral 

Imagem Google


terça-feira, 24 de abril de 2018



A Latinha e a goteira 


Vou contar com alegria, 

C” uma latinha brincava, 

Na fantasia cantava 

Brincadeira de Maria, 



Maria um dia esqueceu, 

A latinha na calçada, 

Ficou lá quieta e sozinha, 

Parecia abandonada. 



A noite caiu chuvinha, 

Lágrimas de Deus, enfoque! 

Gota a gota na latinha, 

Num gostoso... Toc, toc! 



Queridos vovô e vovó, 

No aconchego do xodó, 

Dormiram c”a mão no pote 

Ao ouvir o toc toc! 



Sonhando naquele dia, 

Todos dormiram num toque, 

Nas lembranças de Maria. 

A verter em toc, toc. 



A latinha e a goteira, 

Mais a chuva da alegria, 

Cantaram a noite inteira, 

A ninar bela Maria. 



Antes que a música troque, 

Vou tirar o meu cochilo, 

Com o som do toc toc.




Elair Cabral


 

terça-feira, 3 de abril de 2018



 Castelo da magia


No castelo da magia,
Moram todas as crianças,
Dia e noite, noite e dia,
O lúdico estende as tranças.

É uma festa gostosa,
Na hora das brincadeiras,
Tem boneca tão formosa,
Tem bola e até chuteira.

Tem vídeo game e peteca,
Joguinhos interessantes,
Tem a fadinha sapeca,
Sapatinhos de diamantes.

As leis do nobre castelo,
 São mágicas fabulosas,
Num quadro meigo e singelo,
De almas tão virtuosas.

As canções que dão alento,
São de cunho angelical,
Encantam no movimento,
De beleza magistral.

 A criança é um tesouro,
Que Deus criou pra brilhar,
E a arca do vindouro,
Com amor vai ladrilhar.

Você faz parte dos versos,
Em linhas que flui o belo,
Viver no amor submerso,
Vem brincar no seu castelo.

Elair Cabral
Imagem Google
Direitos reservados


    


segunda-feira, 2 de abril de 2018





Plantar as flores não implica em perfumá-las, assim como o poeta não precisa se preocupar em impregnar de poesia versos que exalam amor! 
Elair Cabral


Janjão e Raimundo 


É lindo o gato Janjão! 

Maravilha esse gatão! 

Percebe num só segundo 

O olhar do cão Raimundo 


Esconde-se embaixo da mesa 

Hoje não quer ser a presa 

Mas, deixa o rabo de fora 

O que será dele agora? 


Raimundo dá uma arrancada 

Numa expressão engraçada: 

- Te pego seu sabichão! 

Esqueceu fora o rabão 


Pisar leve, devagar 

Pega o rabo, que azar! 

Segura com força e torce 

Pobre Janjão... Que má sorte! 


Rebola que nem pião 

Nos dentes do malvadão 

Consegue fugir ligeiro 

Vai pra dentro do banheiro 


É assim o dia inteiro 

Divertido pega e larga 

Sabem que aqui são amados! 

Animais abençoados! 


Cansados da brincadeira 

Envolvem-se em carinhos 

Nesta vida passageira 

O bom é viver juntinhos 


Elair Cabral







sábado, 31 de março de 2018



Páscoa de Jesus

Então, lindos amiguinhos,
Páscoa é reverência à luz,
Às pessoas o carinho,
Muito respeito a Jesus!


Páscoa dos sonhos dourados,
Que melequeira gostosa!
Sorrisos bem lambuzados,
Vovó vem toda melosa.

Nesta Páscoa dos sorrisos,
Quero abraçar, receber,
Deixar do amor os vestígios,
Meu Jesus agradecer...

Imagem: Mensagens e gifs da Teka